segunda-feira, 16 de abril de 2007

SISTEMA RENAL


SISTEMA RENAL

A principal função do sistema renal é auxiliar na homeostase controlando a composição e o volume do sangue. Este controle é realizado removendo ou restaurando quantidades selecionadas de água e solutos.

FUNÇÃO DOS RINS: regulação do volume da composição do sangue na formação da urina, excreta quantidade selecionadas de impurezas, incluindo excesso de hidrogênio que ajuda a controlar o pH sangüíneo.
Regulação da pressão arterial secreta a enzima renina que converte angiotensinogenios em angiotensina I que sobre ação da ECA é convertida em angiotensina II que leva a um aumento da pressão arterial.
Contribuição no metabolismo realizando gliconeogênese, secretando eritropoietina para produção das hemácias, participa da síntese de vitamina D.
NEFRON: é a unidade funcional do rim. Cada rim contem aproximadamente 1 milhão de nefrons. Dividido em proções: glomérulo, cápsula de Bowman, túbulo contornado proximal, alça de Helen descedente e ascedente, túbulo distal inicial e final e túbulo coletor.
Controlam a concentração e o volume do sangue removendo quantidades selecionadas de H2O e soluto. Remove impurezas tóxicas.
O material eliminado pelo rim é chamado urina. O sangue é filtrado pelos rns aproximadamente 60 vezes ao dia. A formação da urina envolve 3 processos: filtração glomerular, reabsorção tubular, secreção tubular.
FILTRAÇÃO: o liquido resultante da passagem do sangue dos capilares glomerulares para cápsula de Bowman é chamado de ultrafiltrado. A pressão da artéria renal pode variar de 80-200 mmHg. O fluxo sangüínea renal FRS é 1.25 l/min ou 1800 l/dia. A taxa de filtração no adulto normal é de 1.25 ml/min ou 180 l/dia.
· Se a TFG alta: substancias passam pelos nefrons tão rápido que são incapazes de serem reabsorvidos e saem pela urina.
· Se a TGF baixa: quase todo filtrado é reabsorvido e os rins não eliminam residuis.
Glomerulonefrite: o capilar aumenta a permeabilidade as proteínas que saem do sangue para o filtrado, a água é retirada do sangue para o filtrado por osmose e a TGF aumenta.
Calculo renal: é o acumulo de cristais de cálcio onde forma cálculos que causam a obstrução dos ureteres impedindo a passagem da urina.
REABSORÇÃO: cerca de 99% do filtrado é reabsorvido, voltando assim para o sangue através dos transportes de membrana e atingindo os capilares peritubulares. Aproximadamente 1% do filtrado sae do corpo. A taxa de reabsorção corresponde a 1,24 ml/min ou 178.2 l/dia.
· A glicose é 100% reabsorvida no túbulo contornado proximal. Quando se encontrar glicose na urina chama-se de glicosúria, isso ocorre no diabete mellitus.
SECREÇÃO: adiciona materiais ao filtrado proveniente do sangue através do transporte de membrana de volta ao nefron. Ex: K+, H+ na urina acida, amônia, uréia etc.
Lembre-se Urina= Excreção= F + S -R
REFERÊNCIA:
Conteúdo retirado do material didático da professora Edlene Felix.

9 comentários:

Rodrigo disse...

Adorei o sistema renal, muito interessante, e aprendi bastante. estou vendo este sistema na faculdade. Estou gostando muito.

zizi disse...

Realmente, muito interessante o sistema renal. Também estou estudando na facul.

Joyce Ribeiro disse...

Foi muito importante p mim,assunto de prova do ultimo bimestre.

Amábile disse...

é tfg ou tgf?
não entendi

Manuela Vinhas disse...

Além de ser um assunto bem interessante,é importante para a vida prática de um enfermeiro.

Naiara disse...

Um dos sistemas mais complexos, porem é uma delicia de estuda lo, sua fisiologia é interessantissima.

Naiara disse...

Um dos sistemas mais complexos de se estudar, porem uma delicia. Sua fisiologia é interessantissima
Amei!!

renan disse...

otimo....tem tudinho q meu prof quer

Mailman disse...

Amábile, é Taxa de Filtração Glomerular (TFG).

Só uma pequena correção: o Néfron é dividido em partes, sim, mas o nome da alça é Alça de Henle (com as porções descendente espessa, ascendente espessa e ascendente delgada).


Abraço,
Ricardo Medeiros.